Chuvas destroem parte de linha de trem de minerais no Peru

Estadão Conteúdo
Redação Folha Vitória

Lima - Mais de um quilômetro de linhas de trem que transportavam minerais dos Andes ao Pacífico foram destruídas após as fortes chuvas causadas pelo fenômeno climático El Niño. O governo do Peru anunciou que os efeitos das precipitações dos próximos dias poderiam ser mais perigosos.

O ministro dos Transportes do país, Martín Vizcarra, disse à rádio RPP que o governo irá buscar vias alternativas para o transporte dos minerais. Segundo o ministro, a reabilitação da via férrea poderá demorar mais de duas semanas. Juan Olaechea, presidente da empresa ferroviária, disse ao jornal Gestión que os danos à linha ferroviária são os maiores que ocorreram desde o El Niño de 1998. "Há áreas em que você não pode intervir e deve esperar que o nível da água diminua", disse.

O rio mais importante de Lima e da parte sul dos Andes, o Rimac, também destruiu casas e pontes. Soldados do Exército tentaram reconstruir o terreno em que os trilhos se apoiam, mas o potente rio voltou a destruir o que foi reconstruído. Fonte: Associated Press.

VOLTAR PARA O TOPO